Resenha – Esmalte Samoan Sand da OPI

Sempre fui adepta a esmaltes clarinhos e branquinhos no estilo Renda, até me entregar aos tons de vermelho e rosa que nunca mais saíram das minhas mãos. Mas isso foi até conhecer o nude lindíssimo Samoan Sand da OPI, que foi amor a primeira vista e nunca mais saiu da minha necessaire.

O que Promete o Fabricante

O Samoan Sand da OPI é importado dos Estados Unidos, com brilho intenso e secagem rápida, trata e fortalece as unhas.

O que Achei

Lindo! É denso, mas não excessivamente, e com duas camadas já cobre bem a unha. Por ser uma corzinha nude (sem ser de vó) vai bem em qualquer ocasião e a qualidade é excelente, pois já usei diversas vezes pelo tempo médio de 10 dias e nunca lascou ou rachou o esmalte.

A primeira vez que tive oportunidade experimentar esta marca foi no ano passado em um pequeno salão em Shen Zen, na China, onde todos os esmaltes eram OPI e tinham as mais variadas cores (todas lindas). Passei um rosa brilhante (muito parecido com o Cintura Baixa da Risqué) que também precisou só de 2 camadas e durou bastante demorando para lascar, logo acredito que durabilidade é um dos diferenciais da OPI.

Avaliação Final do Produto:

Muito bom! Infelizmente a relação custo benefício aqui no Brasil ainda pesa um pouquinho, ele pode ser encontrado por R$48,00 na Sephora, R$35,00 em sites de meninas que trazem encomendas dos EUA (como a loja Fricotes e Detalhes que sempre compro e super recomendo) e com preços diversos no Mercado Livre, ainda mais barato que Lancôme e Chanel, porém muito acima do valor médio dos esmaltes nacionais.  Perdeu uma estrelinha por não ser acessível a todos, mas nos quesitos cor e durabilidade merece nota mil!