Fui Assim: Bata + Jeans

Essa semana estava meio friozinho em São Paulo, então antes de viajar para a Bahia, aproveitei o dia cinza e fresquinho para usar minha batinha linda da Rubinella. Gostei tanto da combinação simples para o dia a dia no escritório, que pedi para uma amiga fotografar enquanto saíamos para o trabalho.

O resultado vocês vêem abaixo:

image

 Bata – Rubinella (agora tem loja online!)

Jeans – Cambos (comprado na Kauê do Ibirapuera)

Bolsa de Franjas – Ellus

Sapatilha – Old Navy

image

 image

bata 4

Essa bata foi uma das peças que mais amei em minhas compras da Rubinella no final de 2013 (antes do desafio) e hoje percebo que se usei umas 3 vezes nesse ano foi muito! Vou me esforçar para usar mais vezes essa lindeza por aí ♥

Fui Assim: Vestido Estampado

Os dias aqui em São Paulo andam cinzas e instáveis, mas como não está muito calor, tenho usado bastantes vestidinhos soltinhos, que são práticos e combinam com qualquer ocasião. Este vestido estampado eu adquiri através de uma troquinha que fiz naquele grupo Plus Size do facebook (falei dele nesse post aqui) com uma fofa do Rio de Janeiro e foi um achado! Além de vestir super bem, tem um comprimento ótimo para ir pro escritório, igreja, shopping e ainda é super moderninho. Como o clima estava meio incerto, coloquei um cardigã colorido e minha mamys (que veio me visitar) gostou tanto da combinação que ficou super animada e me pediu para fotografar para postar no blog! Como dizer não?

Como a iluminação estava ruim e as fotos foram feitas por mamys num celular, não reparem que fiz um look do dia bem express só para partilhar meu novo vestido colorido ♥ 

IMG_4210

Vestido – Troquinha de internet

Cardigã – Carina Duek para C&A

Sapatilha – Old Navy

Bolsa – Ebay (adquirida num troca troca de blogueiras que postei aqui)

IMG_4211 IMG_4212

Um Ano Sem Compras: 4ª semana

Parece que foi ontem, mas lá se foi a quarta semana. E confesso que estou me sentindo praticamente uma heroína depois 1 mês inteirinho sem comprar nada e sem crises com meu armário. Talvez o fato de ter passado cada semana em um lugar diferente (semana 01 em San Francisco, semana 02 em Buenos Aires, semana 03 em São Paulo e semana 04 na Bahia) tenha me ajudado a não ter tempo para pensar em nada, inclusive em comprar. Nota mental: me manter ocupada constantemente para não sentir vontade de comprar!

Como passei esta semana em nossa fábrica da Bahia, predominou o combo jeans/camiseta/botina, finalizado lindamente com meu jaleco branco. Logo, nada de glamour ou looks bacanas…só tirei foto das roupas pra lembrar como continuo usando o que tenho em casa, sem repetir as combinações e sem entrar em crise de necessidade por comprar mais.

Nesta quarta semana, já consigo ver o efeito da redução de compras na fatura do meu cartão de crédito que baixou de R$2800,00 em dezembro para míseros R$350,00 em janeiro (uma compra da Privália que fiz em dezembro e 2 presentes de aniversário que comprei para duas amigas). É libertador ver o cartão de crédito tão baixo e poder planejar o que fazer com o dinheiro pelo resto do mês. Tentarei me lembrar disso nas próximas visitas ao shopping.

Outra coisa super bacana que aconteceu essa semana e queria dividir com vocês, foi a visita que fiz a minha amiga Paula Bastos, do blog Grandes Mulheres e o bate papo bacana sobre consumismo que tivemos. Conversamos sobre contas, sobre as diversas opções que tem surgido no mundo plus size a cada dia e como isso tem impactado no nosso orçamento. Ela decidiu iniciar uma jornada de 06 meses sem compras (tem post explicando aqui!) e já que usamos exatamente o mesmo tamanho, combinamos de tentarmos fazer umas trocas de roupa, pra dar uma renovada no guarda roupa e boas risadas numa tarde entre amigas.

Resumo da ópera: voltarei da Bahia cheia de idéias e com uma calça jeans lindaaaaaaaaaaaa que ela tinha guardadinha no armário sem nunca ter usado. Presentinho super bem vindo! Assim que eu chegar em São Paulo, escolherei a peça que vai sair do armário para essa calça pode entrar. E que nesta quinta semana, o ciclo do desapego continue ♥

 

Um Ano Sem Compras: 3ª semana

E já se foram 21 dias sem nenhuma comprinha. Semana 3 concluída com sucesso!

E agora eu finalmente comecei a sentir os beneficios de ter dado um tempo nas compras. Logo no início da semana eu tive a experiência de comprar, sem comprar. Isso mesmo: passear na loja, escolher o que eu queria e não pagar nenhum realzinho! Quer saber como foi possível? Mistério….rs

Brincandeira…em novembro eu tinha comprado uma pulseira MARAVILHOSA na Morana que simplesmente rompeu a solda depois de 2 dias de uso. Enviei para a assitência técnica e como não tinha conserto, me devolveram um voucher com o valor da pulseira. Honestamente eu não queria comprar nada, só queria meu dinheiro de volta, mas como a loja não devolve, lá fui eu escolher alguma coisa. E isso que foi engraçado: dei 3 voltas na loja em busca de algo e não conseguia me interessar em nada!!! Depois de muito procurar, acabei escolhendo 2 brincos pequenos pra trabalhar e 1 brinco para dar de presente para um amiga. Sai do shopping apenas com essa sacolinha e sem gastar nenhum real. Feliz da vida.

Outro momento gostoso foi organizar uma parte do armário e encontrar coisas que nunca usei. Confesso que me assustei ao encontrar 3 vestidos ainda com etiqueta (sendo que um deles nem cabe em mim, pois comprei como “target”) dentro do armário…mas foi bacana fazer estas descobertas e separar para doar várias coisas que não uso. Lá se foi uma sacola de sapatilhas semi novas pra minha diarista (que ficou super feliz) e ainda tenho um tantão de coisas pra desapegar. É tão bom ♥

Décimo sexto dia: maxi saia e tee azul da Hering, bolsa Maria Filó e como não deu pra ver a sapatilha…não me lembro!

Décimo sétimo dia: vestido Rubinella, scarpin Old Navy e bolsa Maria Filó.

Décimo nono dia: leging Best Size, tee Old Navy e tênis Mizuno Wave.

Vigésimo dia: bata Old Navy, jeans Lufhy, mocassin Mr. Cat  e bolsa Maria Filó.

Parabéns amigas que conseguiram concluir mais uma semana sem compras junto comigo e que venha a quarta e a quinta semana que passarei em Salvador ♥

Um Ano Sem Compras: 1ª semana

O desafio tão esperado começou no dia 30/12 e completou hoje sua primeira semana. E essa primeira semana foi um inferno não foi fácil. Eu tinha certeza de que esta semana seria tranquila porque ainda estou de férias, mas foi isso que complicou mais!

A equação Férias (cabeça vazia) + Estados Unidos (templo do consumismo) + Liquidações pós Natal (descontos de até 80%) quase me deixou louca. Sério. Primeiro foi a Macy’s, depois a Old Navy com até 80% de desconto, a Amo Muito, a Cris Bastos, o Privalia, o Think Geek, a ASOS com descontos de até 70%…quem aguenta? Foi assim que percebi como sou estava consumista. E daí que todos os sites e lojas bacanas do universo estão em liquidação? Se não posso comprar, não faz diferença se custa R$300 ou se custa R$49,90. Quem pode comprar que aproveite por mim! (nota mental: pedir urgentemente para ser removida dos mailings da Asos, Dorothy Perkins, Amo Muito, Privalia…continuar lá seria muito masoquismo!)

Aqui em San Francisco o inverno está uma delícia, temperatura amena variando entre 10 e 15 celsius com lindos dias de sol. Aproveitando esse tempo pra turistar, temos caminhado dezenas de quilômetros (com ladeiras intermináveis) todos os dias então só usei roupas bem levinhas e confortáveis, porque turistar com glamour e sem conforto não é – e acho que nunca será – a minha praia.

Aproveitando o post, eu queria agradecer a todo mundo que comentou no face, mandou inbox ou e-mails me apoiando no desafio. Foram muitos amigos, amigos dos amigos e gente que eu nem conhecia me apoiando na decisão e querendo entrar nessa junto comigo. Sabendo que tem uma galera junto, dá aquela forcinha pra não cair em tentação né?

Agora que estou de volta ao trabalho (ficarei em casa por 1 dia, porque amanhã embarco de novo pra Buenos Aires), acho que vai ser mais fácil ocupar a cabeça e buscar outras prioridades nesse ano que se inicia. E que venha a segunda semana ♥

 

Desafio: Um Ano sem Compras – Edição Plus Size

No início de 2013 me lembro de uma conversa que tive com a Paula Bastos (amiga e blogueira bapho do Grandes Mulheres) sobre o consumo desenfreado que estava acontecendo no meio plus size nacional. Essa conversa nasceu em função de uma série de outras que tivemos com a Clarice Freire (do Gordita), Ju Romano (do Entre Topetes e Vinis) e outras blogueiras plus no encontrinho que tivemos com a Flúvia Lacerda no finalzinho de 2012: o nicho plus size brasileiro nunca teve tanta oferta de roupa como está tendo agora e parte das consumidoras não está sabendo lidar com isso.

Desde os primórdios, nós gordas (gordinhas, curvilíneas, mulherões ou seja como lá você queira chamar sua silhueta avantajada) sofremos para encontrar roupas bonitas, de acordo com a nossa faixa etária e por um preço justo no mercado. Não vou entrar no mérito de ter ou não amor próprio, estou apenas constatando que, independente de amar ou não meu corpo, não posso simplesmente andar pelada por ai. Então já que tenho que me vestir, que seja com dignidade.

Eu já perdi a conta do número de vezes que fui ao shopping e nada me serviu. Também perdi a conta do número de vezes que senti vontade de chorar num provador. Talvez seja por isso que o surgimento de um enorme número de marcas plus sizes, disponíveis para compra com apenas um clique, serviu como um motor de aceleração para o consumo desenfreado e consequente endividamento para tantas mulheres plus size.

A Idéia

Depois de ler com carinho cada diazinho dos 366 dias sem compras da Jojo do blog Um Ano sem Zara e os desafios constantes das 52 semanas sem compras da Talita do blog da Talita, eu pensei: por que não?

Minha conta não está no vermelho e nem estou para ser despejada. Graças a Deus! Mas estou cansada de ser movida pelo consumo. Pelo tenho que ter. Pelo sentimento de “preciso daquilo para me sentir mais feliz” (sendo que, eu nem sabia que este algo existia a 5 minutos atrás e era muito feliz sem isto).

Confesso que meu armário não é – nem de longe – super versátil e bem servido como o da Jojo: não tenho calça de rica, casacão de camelo ou blazers diversos (aliás como eu queria metade daquelas coisas lindas que ela tem!). Mas tenho certeza de duas coisas: a primeira é que certamente muita gente que tem menos do que eu vive muito bem. E a segunda é de que nada muda se eu não mudar.

Então, por que não começar agora?

O Desafio

O desafio consiste em passar 1 ano (o ano de 2014 inteiro) sem comprar roupas, sapatos ou bolsas. Assim como as meninas fizeram em seus desafios, eu posso usar os presentes que ganhar ao longo do ano, contudo, vou criar uma regrinha diferente por aqui: a cada peça que entra, uma peça sai. Desapegar faz bem e todo mundo sempre tem alguma roupa que gosta menos, então se eu ganhar algo bacana, repassarei algo que já não uso e pode ser bacana para outro alguém.

Ao menos inicialmente, não pretendo postar fotos diárias dos looks. Como eu trabalho na indústria automotiva, grande parte dos meus dias possuem o “combo” jaleco + botina de segurança e infelizmente não tem tentativa de look fashion que sobreviva a isso! Mas ainda assim, vou tentar registrar as combinações e fazer um compilado semanal pra dividir o andamento dessa minha experiência tão bacana com vocês, combinado?

Boa sorte pra mim e conto com o apoio de vocês ♥

Look do Dia – Amigo Secreto da Mulherada

Desde que o blog começou, e entrei na “blogsphera” conheci muita gente bacana e divertida, que aos poucos passou de uma rede de contatos para uma turma de amigas!

Como cada uma mora (e trabalha) nos mais diversos cantos da cidade, é super difícil juntar a turma toda…mas como nesta época de natal tudo fica mais propício, organizamos um amigo secreto no último final de semana para por a fofoca em dia e aproveitei para tirar umas fotinhos rápidas do que estava usando porque amei essa combinação!

Vestido – Milanina

Casaqueto – Minha avó que fez =]

Bolsa – Santa Lolla para C&A (dejá vu aqui!)

Peep Toe – Vizzano

Pulseira e Anel com Pedrinhas – Feirinha da Benedito Calixto

Anel Turquesa – Mixed para C&A

A qualidade das fotos não ficou das melhores, mas achei essa combinação tão feminina e fofa que resolvi partilhar com vocês…esse vestido da coleção de verão da Milanina é super fresquinho, tem um tecido bem gostoso e é um curinga para qualquer ocasião. Eu amei, e vocês?

Beijinhos e boa semana!

Inspirações: Verão Plus Size

Dezembro já começou e por mais que o verão só inicie oficialmente no dia 21/12, já estamos no clima da estação mais quente e colorida do ano! Chegou a hora de aposentar a roupa sóbria de trabalho para dar a vez para vestidos levinhos, shorts e roupas mais alegres, e também escolher o biquini (ou maiô) que vai te acompanhar nos banhos de mar e de quebra garantir a tão esperada marquinha de sol.

Fiz um apanhado da Plus Model Magazine com algumas inspirações lindíssimas e atemporais de roupas e acessórios para dividir com vocês:

Embora a maioria destes itens não tenha loja por aqui e consequentemente não chegue no Brasil, os mix de cores e estampas servem pra inspirar nossas buscas no shopping ou mesmo na lojinha do bairro…o importante é você encontrar aquilo que gosta e te faz bem pra arrasar com suas curvas no verão!

Espero que tenham gostado…beijinhos e bom final de semana!

Novidades da Riachuelo: Linha Plus + Coleção Daslu

As amigas gordinhas que gostam de comprar roupa nas lojas de departamento agora já podem comemorar: agora é a vez da Riachuelo aumentar a sua grade até o manequim 54!

O mais bacana de tudo é que eles não criaram uma linha especial (e finita) de tamanhos maiores, eles simplesmente decidiram aumentar a grade das linhas Pool (jovem) e Anne Kanner (adulta). Isso que eu chamo da real democratização da moda: agora todos podem comprar exatamente a mesma roupa independente de manequim.

Estive na Riachuelo do shopping Vila Olímpia e tive a oportunidade de experimentar algumas roupas tanto da coleção jovem, quanto da mais formal e minha única crítica é que a quanto aos tamanhos que são totalmente desregulados com a grade normal de outras lojas de fast fashion. Praticamente 90% das minhas roupas são manequim 48 e 10% delas são manequim 46, contudo nada destes tamanhos me couberam na loja, os shorts e vestidos tamanho 50 couberam porém bem justinhos…então quando for comprar lá, sempre experimente para ter certeza de que vai ficar bom em você!

Algumas blogueiras GG receberam uma caixa super fofa da marca com algumas peças e fotografaram para conhecermos as novidades…vocês já viram?

Achei tudo super lindo e moderno para os mais diversos tipos de corpo!

E para quem veste até o tamanho 46, a loja trouxe mais uma parceria para o verão: a coleção Daslu para Riachuelo, que foi fotografada em Cartagena (alô Colômbia, tou chegando semana que vem! #adoro), vem com muitas cores, estampas e tecidos fluídos. Lançada mesma semana que tratores derrubam a fachada da antiga Daslu, agora modelos da marca podem ser adquiridos na grande varejista por preços que variam entre R$29,90 à R$249,90. Ironia do destino.

E com esse tanto de lançamento de final de ano pra quem não tinha opções no guarda-roupa para o verão 2013 ou festas de final de ano, agora já dá pra comemorar né?

Beijinhos!

Lançamento da Mixed para C&A

Na última quarta-feira à noite fui conferir de pertinho o lançamento da coleção Mixed para C&A no Shopping Iguatemi. Assim como o lançamento da coleção Santa Lolla para C&A, era um evento para imprensa e convidados terem acesso em primeira mão aos 69 modelos da coleção e qual não foi a minha surpresa ao chegar por volta das 20h20 (o evento estava agendado para 21h) e encontrar um batalhão de mulheres em volta de uma faixa de segurança esperando a abertura do evento. Até aí normal, na verdade eu achei até bacana terem segurado a abertura para o horário combinado, mas a cada minuto que passava eu percebia a mulherada aflita e se acotovelando para chegar mais perto. E foi me dando desespero.

Como normalmente as coleções especiais feitas por grandes estilistas para a C&A tem a numeração apenas até o manequim 44, eu estava sem expectativa nenhuma de encontrar algo que me coubesse, então fiquei bem tranqüila olhando os acessórios e papeando com as amigas a espera do momento de abertura. De repente fui empurrada pra frente e entre empurrões e puxões percebi que tinha sido aberta a venda. Eu nunca vi uma cena dessas nem na 25 de março: a mulherada se estapeando pra pegar o máximo de peças que podia, os namorados carregando pilhas de coisas, derrubaram um manequim, a Lola do Trendy Twins levou uma cotovelada…uma loucura!

As peças que mais gostei da coleção…algumas eu nem consegui ver pessoalmente!

O comportamento desse povo grifado com espírito barraqueiro dando bolsada com suas Hermés foi lamentável, mas nem de longe a má educação de algumas pessoas tirou o brilho do evento: a coleção está lindíssima, os preços ótimos (paguei R$79,00 em cada bata e R$99,00 no vestido verde), as peças foram prontamente repostas por diversas vezes, as vendedoras tinham uma paciência de Jó em procurar os mais variados tamanhos no estoque, os tecidos e acabamentos estão excelentes tanto nas roupas, como nas bolsas e sapatos e as comidinhas estavam uma delícia. Adorei.

Mas o melhor da noite foi…a coleção Mixed vai até o manequim 46! #todascomemora
Quando encontrei a batinha que eu tinha gostado no tamanho 46, quase surtei! Peguei outra de outra cor também, peguei o vestido estampado e fui pegando tudo calmamente pelo simples fato que haviam no máximo 2 ou 3 gordas por lá. Acho que nunca me senti tão feliz de ser gordinha: enquanto as peças acabavam, tinha a coleção inteira no manequim 46 para escolher! hehehe
Experimentei umas 15 peças e acabei optando por levar apenas 3 pelos seguintes motivos: os vestidos de paetês tamanho 46 vestem bem até o tamanho 48 mas ficaram muito curtos, as regatinhas 46 não servem para quem veste 48, os jeans iam até o 48 mas tinham a modelagem pequena e o botão de uma delas estourou na mão de uma amiga. Infelizmente as jaquetas e shorts de couro fake só estavam disponíveis até o tamanho 44…snifs!

Anyway, eu e a Paula Bastos do blog Grandes Mulheres fomos pessoalmente agradecer a Riccy por ter desenhado uma coleção com modelagem até o manequim 46/48, algo até então inédito, e conversamos um pouco sobre como o mercado plus é carente de roupas modernas e bem acabadas.


Ficamos na torcida para que mais e mais coleções sejam lançadas para a completa democratização da moda: não só em matéria de grifes a preços acessíveis, como também tendo moda para todos os tamanhos.

P.S. Com toda a muvuca que estava, acabei não tirando fotos do evento, mas se você quiser ver um post super completinho com fotos e preços, recomendo o da Joyce do Gostei e Agora!

P.S. A coleção já está disponível nas lojas…quer saber qual é a C&A que recebeu a coleção e é mais perto da sua casa? Clica aqui!