2016 Sem Compras: 2ª Semana + Dicas para Focar

Quando você decide morar em um lugar como os EUA (ou perto da 25 de março), onde tudo é teoricamente barato e apelativo, a determinação e disciplina devem ser constantes para não cair na armadilha do consumo excessivo. Pior do que gastar com algo que você precisa é gastar – mesmo que pouco – constantemente com algo que você não precisa. O consumo desenfreado de coisas que não precisamos nos leva a aplicar mal o nosso dinheiro, acumular coisas, gerar resíduos desnecessários para o meio ambiente e um imenso sentimento de culpa. Para me ajudar a focar no consumo consciente costumo criar whishlists temporárias, que mostram exatamente o que preciso ou não.

Em 2014 durante o período sem compras criei minha primeira whishlist com 9 itens e me surpreendi ao ver que ela se manteve a mesma durante todo o ano. Minha intenção com a wishlist era observar se no dia a dia eu iria querer acrescentar ou remover algum item para descobrir, ao final de um ano, se eu realmente queria ou precisava daquilo.

wishlist1anosemcompras

Dos 9 itens descritos acabei adquirindo 6, sendo 4 deles por presente do marido e de amigos. Os 3 itens que não adquiri foram o chinelo floral que foi descontinuado pela marca (alô Havainas, ainda sonho com esse chinelinho), a bota que nunca consegui encontrar no tamanho do meu pé e a camisa da seleção suiça da Copa de 2014 que eu julguei não ser tão necessária porque eu já tinha a da Copa de 2010.

Além de ser uma delícia ficar buscando referências na net, quando você se dispõe a fazer uma whishlist de compras para o fim do desafio, você tem tempo para refletir sobre a aquisição, juntar dinheiro, observar as novas tendências…e curtir a beleza do item, mesmo sem adquirir. Minha listinha de 2016 já nasceu e bem mais modesta – ao menos por enquanto – que a de 2014.

No momento ela possui os 2 cordõezinhos de Olivia Benson em Law and Order SVU, uma mandala indiana e o famoso pingente Fearlessness, que desejo há pelo menos 8 anos mas era impossível de adquirir no Brasil e pijamas quentinhos e divertidos. Dei uma olhada no guarda-roupa, nas makes, na casa e por hora é tudo o que preciso (alô marido, olha o Valentine’s Day chegando).

Screen Shot 2016-01-16 at 8.17.38 AM

No mais, a segunda semana sem compras foi concluída com sucesso aqui na terra do Tio Sam. Por ter sido uma semana extremamente agitada profissionalmente, não poder comprar nem fez falta. O único quase deslize ocorreu no domingo porque, como por aqui maquiagem e produtinhos de beleza são vendidos em supermercados (volta e meia faço snapchat em supermercado, me segue lá no raissakahn) coloquei um creminho novo no carrinho durante uma compra normal de comida, mas meu marido rapidamente me lembrou “ei, isso não é cosmético?” e lá voltou o produtinho pra prateleira. Sem dor nem ressentimentos.

E você, como está seu projeto 2016 sem compras?

Fiquem com Deus e até semana que vem!