Abraçando Patinhas!

Normalmente meus posts solidários vão ao ar nos sábados, e o Doe Ração já estava no forno quando foi lançada a campanha Abraçando Patinhas que encheu meu coração de amor ♥

Para quem não sabe, na minha casa em Curitiba, tenho 2 vira-latinhas adotados, o Tuatha e a Lila, que são cuidados com todo o carinho do mundo pela minha mãe. Inicialmente batizado como Tuatha de Dannan (sim, eu estava numa vibe bem celta há 13 anos atrás) o meu primeiro cãozinho estava abandonadinho em uma gaiola com uma plaquinha de doa-se em frente a um Petshop. Minha mãe havia sofrido um acidente doméstico e estávamos voltando do hospital onde ela havia acabado de tomar pontos e uma injeção anti-tetânica de doer. Olhamos aquela carinha tristonha de um cãozinho com poucos dias de vida e não resistimos.

Alguns anos depois, veio a Ártemis, que hoje só tem esse nome na carteirinha de vacinação mesmo, uma vez que minha mãe insistia em tanto em chamá-la de Lila, que o apelido ficou! A história dela é realmente uma superação.

Eu trabalhava numa fábrica que tinha um enorme campo aberto em volta e sempre apareciam pequenos cachorrinhos ou gatos de rua para buscar alimento ou um carinho qualquer. Nos acostumamos a guardar um pouquinho do almoço para eles e com isso eles sempre vinham nos visitar. Com o tempo, descobrimos que o diretor da fábrica simplesmente odiava animais e queria colocar veneno para matar todos. Nos unimos para adotar alguns e afastamos outros para evitar que o pior acontecesse.

Mas uma cadelinha, estava grávida e não saia de perto da fábrica de jeito nenhum. Os funcionários da logística fizeram uma casinha escondida atrás do campo da fábrica e nós começamos a levar comida para lá na tentativa de que ela não se aproximasse. Um belo dia ela desceu grávida no sentido da portaria e deu de frente com o imbecil (não consigo descrevê-lo com outro nome) do diretor da fábrica, que ao ver que ela estava grávida, deu um pontapé com toda força em sua barriga. Ficamos em choque. Como pode um ser humano fazer isso com um pobre animal que só queria carinho???

Captura de Tela 2014-10-12 às 08.41.35

Escondemos a Juana, como foi batizada justamente em protesto ao diretor babaca, e por incrível que pareça todos os filhotinhos nasceram lindos e saudáveis. Fizemos uma campanha de adoção e aos poucos cada um dos 7 cachorrinhos foram ganhando um lar, exceto pela menorzinha e quase subnutrida pretinha, que os meninos acreditaram que não sobreviveria.

Peguei uma caixa de papelão, coloquei a cadelinha e fui no veterinário. Realmente ela estava abaixo do peso esperado e estava muito fraquinha. Não tive dúvidas, ela seria minha nova cadelinha. E assim Artemis, agora Lila, entrou para a família há 10 anos atrás.

Durante este tempo, tivemos o período de adaptação – e eles aprontaram todas, como qualquer filhote – mudamos de casa e muitas histórias engraçadas para contar, mas o principal é que eles se tornaram parte da nossa família. Assim como não podemos devolver um filho que Deus nos dá, um cãozinho não é algo descartável: ele possui sentimentos e amor como você. Por isso a turma do abraçando patinhas está tentando fazer a conscientização sobre a guarda responsável, tenha em mente que, uma vez que esses anjinhos de quatro patas entrarem na sua vida, será para sempre (e você vai adorar isso)! ♥

“Esta blogagem coletiva faz parte do projeto Abraçando Patinhas, uma iniciativa do Rotaroots em parceria com a marca de ração Max – da fabricante Total Alimentos. Esta iniciativa reverterá na doação de 1 tonelada de ração para a ABEAC, ONG responsável pelo bem estar de cerca de 1100 cães. Saiba mais sobre o projeto no site do Abraçando Patinhas ou participando do grupo do Rotaroots no Facebook.”

Doe Sangue ♥

 No início deste ano duas blogueiras plus size realizaram campanhas de doação de sangue pelo Brasil: a Paula Bastos, do Grandes Mulheres, em Salvador e a Renata Poskus, do blog Mulherão, em São Paulo e no Rio. Eu vibrei muito com a idéia das duas, mas depois fiquei bem tristinha ao ver a baixa adesão da galera e me questionei: por que mais pessoas não aderiram a causa?

Se tem uma coisa que eu tenho pânico, ela se chama agulha. Sim, eu tenho pavor de tomar vacina, coletar sangue ou fazer qualquer tipo de exame. Me lembro da primeira vez que fui doar sangue, para a esposa de um amigo que estava internada, e contei desse meu medo para uma enfermeira que abriu um largo sorriso e disse: “minha filha, se essa agulhadinha para fazer o bem está doendo, pense em quantas agulhadas a pessoa que vai receber o seu sangue já não levou”. Desde então, sempre penso nisso quando vou aos hemocentros e encaro de frente o meu medo do cacete de agulha para ajudar alguém que precisa e já sofreu muito enquanto esperava pelo sangue.

doesangue

Doar sangue é super seguro, porque todo o material usado, inclusive os kits, são estéreis, descartáveis e apirogênicos (não causam febre). Não é necessário estar em jejum e o recomendado é que o doador se alimente normalmente, evitando ingerir alimentos gordurosos no dia da doação.

Em cada doação, são coletados entre 300 e 450 ml de sangue e esta quantidade não te afeta em nada porque é equivalente a menos do que 10% do volume sanguíneo total de um adulto! O plasma é reposto em algumas horas, as plaquetas se restabelecem em alguns dias, e as hemácias demoram alguns meses. Por esse motivo, a doação de sangue só deve ser realizada a cada 90 dias para os homens e 120 dias para as mulheres.

Então deixa o medinho de lado e venha doar você também!

Para saber onde doar em São Paulo clica aqui, Rio de Janeiro aqui, Curitiba aqui e Salvador aqui!

Doe Cabelo ♥

Quem me conhece sabe que eu AMO ter cabelos compridos. Quando eu digo comprido, não é no meio das costas, é longo meeeeesmo tipo vendedora de bíblia como diz minha mãe e desde que me entendo por gente tenho longas madeixas sacundindo por aí.

Foi no final de 2009, quando uma grande amiga foi diagnosticada com um linfoma, que minha relação com o cabelo mudou. Foram meses de exames e paleativos até o início da quimio quando a Lilian descobriu que ficaria carequinha. Ela era sem dúvida uma das amigas mais vaidosas que eu tinha e me partiu o coração vê-la perdendo parte de sua vaidade em busca pela vida.

Me lembro que nós, amigos da igreja, decidimos mudar também o visual para que quando ela chegasse não se sentisse diferente de todos. Todos os meninos rasparam a cabeça (e algumas meninas mais corajosas também) e as meninas cortaram os longos cabelos. Eu que tinha o cabelo na cintura, cheguei no salão e mandei passar a tesoura sem dó. Foi assim que doei 48 cm de cabelo e comecei a nova vida de cabelo curto.

Confesso que não me achava bonita com os cabelos curtos, mas ver minha amiga feliz e tranquila por ver que todos nós não tinhamos mais cabelos longos, e éramos iguais a ela, foi confortante e compensador. Prometi para mim mesma que manteria os cabelos curtos até que os dela crescecem novamente, mas infelizmente em 2010 ela foi para junto de Deus e desde então não cortei mais meus cabelos.

Quatro anos se passaram desde que a Lilian partiu até eu tomar a mesma decisão outra vez: que tal cortar esse cabelão e ajudar alguma mulher a se sentir mais feminina fazendo uma peruca bem bonita? E foi assim que doei, no útimo sábado, pela segunda vez minhas longas madeixas para fazer alguém um pouquinho mais feliz, com o que considero, a melhor parte de mim ♥

cabelegria

Se você quiser doar o seu cabelo também, procure o pessoal da Cabelegria e veja como enviar sua doação. É super fácil, e logo logo seu cabelo virará uma peruquinha linda em alguma das princesas atendidas pela ONG!

IMG_4147

Esta agora sou eu, de cabelos mais curtos e mais cacheados…e não é que estou curtindo?  ♥

Doe Flores ♥

O post de hoje foi feito pensando em quem quer muito fazer o bem, mas não tem recursos no momento para colaborar com nenhuma instituição: você pode fazer muito pelos outros doando seu tempo e disponibilidade.

Conheci o projeto Flor Gentil quando estava fechando as coisas do meu casamento e fiquei encantada. O projeto, que iniciou em 2010, consiste basicamente e receber doações de flores de casamentos ou eventos (que iriam para o lixo) e transformá-las em lindos arranjos para distribuir em asilos de São Paulo. Tem como ver essas senhorinhas super felizes e não ficar com o coração quentinho de tanto amor?

image

Você pode colaborar com o projeto doando as flores do seu evento (ou convencendo o povo da sua empresa ou ainda aquela amiga que vai casar) e também fazendo os arranjos na própria ONG. Você será capacitado com todo o carinho pela equipe e poderá, doando um pouquinho do seu tempo, produzir arranjos incríveis que vão fazer o dia de muita gente mais feliz. Sem contar que eles também capacitam jovens de baixa renda na confeção de arranjos e decoração para que eles possam muitas vezes se colocar no mercado de floricultura ou decoração.

 A ONG fica na Rua Raul Adalberto de Campos, 101 em São Paulo. Mais informações em: www.florgentil.org ou na fanpage www.facebook.com/FlorGentil
 
Muito amor circulando nessa corrente do bem, né? Venha ajudar você também ♥

Doe Livros ♥

Quando decidi voltar a escrever por aqui, sem dúvida a tag “Meu Coração é Plus” foi a primeira que pensei em reativar. Primeiro porque sempre estou envolvida em trocentos trabalhos sociais bacanas que gostaria de ajudar a divulgar e segundo porque tem muita gente por aí cheia de vontade de ajudar mas que não sabe como.

Pensando nisso, nasceu a sequência de posts DOE, que será semanal e sempre trará uma opção bacana pra você ajudar alguém que precisa, seja doando seu tempo, seu dinheiro, seu sorriso…e ficar com o coração quentinho de tanto amor espalhado por aí  ♥

Pra começar a sequência, eu gostaria de apresentar o projeto Livros para a África, que é um projeto lindo do mesmo idealizador do Escolas do Sertão que divulguei aqui também, e vai construir duas bibliotecas na África.

Uma das bibliotecas será construída na Escola São Marcos, que atende mais de 1500 crianças e adolescentes do bairro Capollo 2, periferia de Luanda, capital de Angola. As responsáveis pela escola são as religiosas brasileiras da Congregação das Irmãs Franciscanas de Ingolstadt. Presentes no país desde 2008, elas também são responsáveis pelo Centro Infantil Comunitário, que atende 110 crianças da mesma região. As Irmãs participam diretamente da captação de recursos para construção da biblioteca por meio de associações e ONG’s internacionais.

A segunda biblioteca do projeto será construída na Escola Completa de Boroma, situada na província de Tete, município de Boroma ao norte do país. E em Moçambique, contamos com o auxilio da Congregação das Irmãs Catequistas Franciscanas, presentes no país desde 2012. As Irmãs auxiliam nas intermediações entre comunidade e poder público. Essa é uma região de difícil acesso, as famílias vivem da subsistência e o engajamento comunitário é pleno, sendo que a própria comunidade já iniciou a construção da biblioteca.

Para colaborar com o projeto é muito fácil: você compra um kit que vem com uma camiseta super bacana (são 3 modelos lindos) e um livrinho educativo, e todo o valor da venda será revertido para a obra da biblioteca e compra de livros! Já comprei para a minha mãe, para mim e para todas as minhas amigas que irão fazer aniversário nos próximos meses, porque sem dúvida essa também é uma opção de presente hiper bacana!

foto 1 

Em tempo: em 2012 participei do Escolas do Sertão comprando algumas camisetas e um ano depois tive a grata surpresa de receber uma cartinha de um dos alunos da escola construída em Betânia, no Piauí, me agradecendo por ajudar a mudar a sua cidade e sua vida. Dei uma choradinha e um sorriso de felicidade: dava pra imaginar que um ato tão simples pode mudar tanto a vida dessas crianças?

Se você acredita que a educação pode mudar o mundo, compre sua camiseta e ajude a mudar o futuro dessas crianças ♥

Projeto Escolas do Sertão

Sempre que faço ações solidárias das mais diversas, minha amiga campineira Ana Paula me apoia de todas as maneiras possíveis me passando uma energia positiva incrível!

Pois neste fim de ano quem me convidou para participar de uma ação super bacana e diferente foi ela, me apresentando o Projeto Escolas do Sertão que é um projeto super bacana que podemos ajudar comprando camisetas lindas e estilosas com o tema Educação no Piauí, criadas pelos designers Adriano Ferreira, Igor Tiogo e Paulo Kielwagen.

“A ação foi criada para motivar a compaixão e atitudes coletivas favorecendo crianças e adolescentes em situação de extrema necessidade. Assim, nosso objetivo é olhar para os estados brasileiros com maior déficit econômico e social, como também para os países mais pobres do mundo, a fim de criar novas perspectivas educacionais e oferecer alternativas àqueles que vivem em situação de extremo risco e miséria. E, com a sua participação, esse projeto poderá oferecer condições reais para que crianças e adolescentes possam viajar através da leitura e criar novos sonhos por meio da educação de qualidade.

Além de levantar recursos para a compra e doação de acervo de livros e para a construção de uma escola, as camisetas do Projeto Escolas do Sertão tem o objetivo de multiplicar bons valores de forma moderna e com estilo para acima de tudo criar uma corrente do bem em prol do que está além das nossas necessidades.”

As escolas escolhidas pelo projeto:

E as camisetas baphônicas (que você já pode comprar!) do projeto:

Já encomendei minhas camisetas (uma de cada) para ajudar esse projeto tão bacana! Quem quiser ajudar também é só entrar na Fanpage do Projeto Escolas do Sertão ou mandar um e-mail para rp@robertopascoal.com para fazer o bem sem olhar a quem =]

Salão Solidário L’Oréal

Olha que boa notícia mulherada: no próximo dia 30 de novembro, véspera do dia mundial da Luta contra o vírus HIV, a L’Oréal promove no Rio e em São Paulo uma ação super bacana, com tratamentos a preços simbólicos e toda a renda será revertida para a Sociedade Viva Cazuza!

Para ajudar no projeto você pode simplesmente adquirir o calendário da campanha (R$12,00) ou realizar um dos tratamentos disponíveis nas Academias L’Oréal:

Tratamento capilar (volume, brilho, maciez e força) + escova – R$50
Tratamento capilar + escova + calendário – R$60

Importante: será aceito apenas pagamento em dinheiro.

Como os tratamentos devem ser agendados previamente (podem ser realizados entre 10h e 17h), anote o contato da sua cidade e agende já:

Rio de Janeiro
Agendamentos: Juliana Pedro – (21) 2131-6923 / jpedro@br.loreal.com
Academia Rio – Rua São bento, nº8/ térreo – Centro

São Paulo
Agendamentos: Andressa Souza – (11) 3371-4034 / asouza@br.loreal.com
Academia São Paulo – Av. Paulista, 1048/ 16º andar – Jardins

Excelente iniciativa da L’Oréal, não?

Beijinhos e bom início de semana!

Projeto Quilo do Bem!

Bom dia mulherada!

Neste final de semana conheci um blog super bacana chamado Pensando Magro da fofa Camilla Pires, que conta a sua trajetória saindo da obesidade rumo a busca de uma vida saudável de maneira divertida.

Tem post contando sobre RA, corrida de rua, malhação e várias de suas aventuras. Mas o que mais me chamou a atenção e super me animou foi o Projeto Quilo do Bem, que tem a seguinte proposta: cada quilo perdido neste ano, será doado em alimento para uma instituição que atende pessoas menos favorecidas. Se hoje eu tivesse que fazer a minha doação por quilo perdido, até o momento só doaria 2kg…mas se eu já tava no pique de perder peso, agora com esse projeto super me animei pra tentar doar ao menos 10kgs de alimento até o fim do ano!

O projeto acontecerá no Brasil inteiro, mas para quem mora em SP, a instituição escolhida para doar nosssos quilinhos eliminados foi a Liga Solidária. Mais de 90% do trabalho realizado pela Liga Solidária concentra-se no Complexo Educacional Educandário Dom Duarte (EDD), no distrito Raposo Tavares. Localizado na região do Butantã, em São Paulo, o distrito é formado por uma população de 100.164 moradores de 28 bairros.

Seu atendimento social conta com: 4 Abrigos Solidários, 6 Centros de Educação Infantil (CEIs) e 8 Programas Socioeducativos. A Liga também atua em mais dois bairros de São Paulo, Saúde e Ipiranga, com dois Centros de Educação Infantil (CEIs).

Quem quiser participar, pode entrar no grupo Projeto Quilo do Bem que a Camila criou no facebook para ficar por dentro das novidades e colaborar com a gente…eu já estou fazendo parte, e você?

Beijinhos e boa semana!

Clinique na Luta contra o Câncer de Mama

Mais uma vez a Clinique está apoiando a campanha de conscientização sobre o câncer de mama que vem com o tema “Toque de Corragem – Nós Acreditamos em um Mundo sem Câncer de Mama. Acredie também!”, e desta vez tudo está mais agitado, pois em 2012 a iniciativa (BCA Campaign) completa 20 anos e 1 ano que sua fundadora, Evelyn H. Lauder (que também é co-criadora do lacinho cor de rosa símbolo da luta), faleceu. No último dia primeiro de outubro a campanha se iniciou transformando o MASP numa grande tela rosa com palavras de coragem.

MASP iluminado no último dia 01 de outubro!

A campanha também inclui a criação da fanpage Breast Cancer Awareness Campaign Brasil, com diversas informaçõs didáticas sobre a doença e o lançamento de um chaveiro fofíssimo da Clinique com 3 miniaturas do gloss Long Last Glosswear SPF15 + um pingente de coração com o laço cor de rosa, símbolo da campanha, que pode ser adquirido em todas as lojas conceito da marca (em São Paulo tem nos shoppings Morumbi, Iguatemi, Villa Lobos e HIgienópolis – no Rio de Janeiro tem no Barra Shopping e Rio Sul) pelo valor de R$49,90. Sabe qual é o mais bacana de tudo isso? A renda integral (100% mesmo!) das vendas será revertida para o Grupo Brasileiro de Estudos do Câncer de Mama!

Chaveiro super cute da campanha!

Para saber mais sobre a campanha, acesse sua Fanpage no Facebook: clicando aqui!

Hoje é o Mc Dia Feliz

Desde 1994 minha mãe e eu participamos do Mc Dia Feliz, seja comprando o lanche, seja organizando o evento de umas lojas…mas sempre abraçamos esta causa tão bacana porque sabemos que toda a renda vai realmente para institutos maravilhosos que dão todo o suporte necessário à criança e a familia da criança com neoplasia como já contei neste post aqui.

Por isso, aproveite este lindo sábado de sol e não deixe de passar no Mc Donalds hoje e comprar o Big Mac (não é o valor do trio que vai pra doação, é só o do sanduíche!) para ajudar as crianças!