Pensamento da Semana

Aproveitando que o pensamento da semana passada estava em Efésios 4 (não leu o post? clique aqui!), encontrei algo no mesmo capítulo que gostaria de dividir com vocês para este início da segunda semana do ano:

“Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, 
mas só a que seja boa para a necessária edificação, 
a fim de que ministre graça aos que a ouvem.”
Efésios 4:29

Desde o ano passado, tento aplicar este versículo na minha vida e posso dizer que é extremamente difícil. Mas não impossível.

Quantas vezes nos pegamos criticando algo ou alguém, pelo simples fato de criticar?
Dizer para a pessoa B que a pessoa A está com uma roupa horrível, não é ajudar a pessoa – se a intenção fosse ajudar, você deveria ter falado diretamente com a pessoa – e sim fazer fofoca.

E que fazer fofoca não leva a lugar nenhum, isso todo mundo sabe.
Agora saber como evitar de ouvir, participar ou compartilhar uma fofoca ou uma crítica destrutiva é que é a parte difícil da história.

E é por isso que devemos ser fortes, e a cada semana, a cada dia, em cada ação, observarmos nossas atitudes:
Se o que eu fiz agora aparecesse em um telão, eu me sentiria envergonhada?
Se o que falei sobre alguém agora fosse gravado e todos pudessem ouvir, eu me sentiria constrangida?
Se a resposta for sim, é porque você disse algo que não foi para a edificação de ninguém, logo o melhor teria sido guardar esse pensamento/opinião/ponto de vista para você.

E isso não é reprimir sua sinceridade de maneira alguma, na verdade o que devemos nos perguntar é: dizer o que penso irá melhorar em algo a vida da pessoa para a qual vou expressar minha opinião?
Reflita. Se a resposta for não, por que raios vou dizer algo que não é para o bem de alguém?

Beijo grande e uma excelente semana pra vocês!

3 thoughts on “Pensamento da Semana

  1. Aff, Raíssa, taí uma resolução de ano novo que todo mundo tem que fazer o tempo todo, né?

    Todos nós temos esse "defeito de fábrica"…

    Acho que vivemos em uma sociedade que valoriza muito as aparências e o status e por esse motivo somos muito cobrados e cobramos muito um comportamento padrão, sabe? No entanto, esse "padrão" é muito duro, e nós não conseguimos nos manter ali, firmes o tempo todo.
    Quando alguém "quebra" esse comportamento, acho que a gente se sente um pouco aliviado por não sermos os únicos e acabamos apontando aquela "falha", aquela "ruptura do padrão" como maneira de aliviar um pouco um peso sobre nós mesmo, entende?
    Não sei, estou só divagando aqui sobre o que eu acho que é a causa do nosso constante julgamento.
    O que vc acha?

    Beijos!

  2. Então Vanny, eu penso assim: podemos sim nos cobrar demais e consequentemente esperarmos demais dos outros. O que não devemos, é sair criticando todo mundo por aí pelo simples fato de criticar/diminuir a pessoa.

    Fazendo uma metáfora bem simplista: eu só gosto de azul. Daí você vai e posta um look todo amarelo, logo vou achar feio.
    O que posso fazer?

    1) Comentar com alguém "Nossa, vc viu o look da Fofoleca que bizarro?"
    2) Falar pra você "Nossa, seu look tá horrendo…nasce de novo!"

    ou

    3) Falar para você: "Amiga, você já tentou vestir azul? Acho que seria ótimo para a sua cor de pele e tá na moda."

    O que devemos tenta fazer todos os dias é expressar nossa opinião para acrescentar algo na vida de alguém. E somente pra isso.

    Ofender, criticar ou ridicularizar alguém é extremamente destrutivo e não agrega nada…

    Beijinhos!

  3. Oiê, querida
    Cheguei ontem das férias e já dou de cara aqui com um dos meus versículos favoritos… Vamos levantar esta bandeira, sim. Falar aquilo que motiva os outros e agrada a Deus nunca nos causará arrependimento.bjoka

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *