[Pelo Mundo] Dicas de Viagem para Buenos Aires – Argentina

O ano está acabando…e consequentemente as nossas tão merecidas férias se aproximam!
Então resolvi fazer uma sequência de posts com dicas super úteis para quem está se programando para viajar e não quer gastar muito ou cair em furadas!
Normalmente antes de viajar, para qualquer lugar que seja, consulto amigos, blogs e sites da internet como o Mochileiros.com ou ainda fanpages locais no facebook.

Lembrando que meu estilo de viajar é bem mochileira: não busco lugares de luxo e sim conhecer cada pedacinho da cidade e da cultura local gastando pouco. Ah…e comprando bastante também porque ninguém é de ferro…hehehe

Espero poder ajudar vocês também…vamos começar por Buenos Aires?

Graças às imensas facilidades dos clubes de compras e com o Peso (moeda local) desvalorizado em relação ao Real, a Argentina tem sido o destino escolhido pela maioria dos brasileiros que desejam sair do país para passear, comprar e gastar pouco.

Buenos Aires é um paraíso de compras, delícias e principalmente cultura. A cada esquina é possível assistir a um show de tango saboreando uma deliciosa empanada…huuuuuuum…

Com diversos vôos diários operados pela GOL, TAM, PLUNA e Aerolineas Argentinas, é possível viajar para a terra dos hermanos com ou sem escala a preços módicos (desde que as passagens sejam compradas com antecedência).
Se eu puder recomendar, fuja de vôos para o Aeroparque e prefira pousar no Aeroporto Internacional de EZEIZA, que embora seja um pouquinho mais longe da Capital Federal, é onde se encontra o melhor Duty Free do universo….tem de tudo e é muito barato, amo aquele lugar!
E por falar em Free Shop, algumas dicas importantes:

a) Não deixe para comprar na volta o que você pode comprar na ida!
Em Buenos Aires, os free shops de ida e volta são bem diferentes e tirando os itens básicos (como chocolates ou perfumes convencionais), existem artigos que são vendidos somente em um ou outro dos Duty Frees, e não adianta chorar: eles não pegam o produto no outro pra você.

b) Alguns produtos (como MAC) são ainda mais baratos no free shop de Buenos Aires que no do Brasil, por isso não se desespere quando encontrar a máscara Haute & Naughty Lash por 18 doletas aqui no Brasil…lá você pode adquirir pela bagatela de 16 doletas!

c) Se quiser se planejar nas compras com calma para não se descabelar na hora, acesse o site http://www.freeshop.com.ar/ para ver os produtos disponíveis e seus respectivos preços em dólar.

d) Todas as compras realizadas no Duty Free Brasileiro, não possuem incidência de taxas. Agora, se você comprar no Duty Free de Buenos Aires prefira pagar em dinheiro ou débito, porque se for pagar no cartão de crédito, lembre-se dos 7% de IOF que irá pagar sobre o total da compra…

Onde Ficar?

Para pequenas estadas, eu sugiro a região central onde é possível fazer tudo (ou quase tudo) a pé.
Não é tão lindo quanto acordar na Recoleta ou em Palermo Soho, mas é muito mais em conta e próximo dos principais pontos turísticos e comerciais.
Porém desconfie de preços em conta demais: existem hotéis muito velhos e mal localizados no centro também! Verifique sempre as fotos, site, localização no google maps antes de tomar sua decisão…

O ideal é ficar próximo a Calle Florida / Avenida Corrientes / Avenida Córdoba,etc onde é possível fazer compras tranquilamente, deixar tudo no hotel e ainda passear mais um pouquinho.

Existem diversos pequenos restaurantes e lojas no centro com preços bem convidativos. Mas se precisar pegar um taxi (ou um remis) são se desespere: andar de taxi por lá é incrivelmente barato!

Centro de Buenos Aires

Onde Comer?

Independente de onde você decidir comer em Buenos Aires, uma coisa é garantida: será uma das melhores carnes que você já experimentou na vida!

Para um almoço tradicionalmente portenho sugiro a região do Porto Madero, que além de ter uma vista espetacular, possui diversos restaurantes tradicionais como o Cabaña Las Lilas, mas também tem Hooters e TG Fridays para os mais descolados.
Se você deseja almoçar em um dos restaurantes tradicionais, leve uma graninha extra porque o preço não é dos mais amigos.

Euzinha em Porto Madero – 2009

Existem também os pequenos restaurantes do centro da cidade e do Caminito, lanchonentes da Galerias Pacífico (na Calle Florida), casas de Empanadas, bons restaurantes em San Isidro, Recoleta e Palermo Soho ou ainda pra quem gosta de hamburguer, tem o Hard Rock Café Argentino na Recoleta.

Ah…e não se esqueça de guardar um espacinho para o postre (sobremesa) na sorveteria Freddo.
São diversos sabores maravilhosos de sorvetes e muitas opções de outras sobremesas com sorvete..é quase uma Mövenpick dos Argentinos!

Onde ir?

Como Buenos Aires é pequena, você consegue conhecer praticamente a cidade inteira em 3 dias.
Minha sugestão é que você pegue o city tour do Buenos Aires Bus e vá descendo nos pontos de maior interesse.

Parada do Buenos Aires Bus em Porto Madero

O ônibus sai de 15 em 15 minutos e são 18 paradas iniciando na Calle Florida e terminando no Teatro Colon com direito a audio-guia: todos os assentos possuem fones de ouvido onde é possível escutar a história de cada bairro portenho nos mais diversos idiomas. Mas atenção: se quiser ir no andar de cima (obviamente é muito mais bacana e melhor para tirar fotos) passe protetor solar e leve um agasalho, porque no verão você acaba assando e no inverno além de passar frio, o vento gelado resseca muito a sua pele!
O passe adulto para 24 horas custa 70 pesos e o para 2 dias custa 90 pesos podendo subir e descer quantas vezes você quiser. Consulte tarifas promocionais para famílas ou idosos clicando aqui.
É possível também comprar o bilhete online evitando filas e economizando 5% clicando aqui.

Normalmente as excursões/pacotes daqui do Brasil já tem um city tour incluído, mas não se iluda: normalmente esses passeios são em ônibus antigos, fechados e sem paradas (logo, sem fotos legais).
Mesmo se você já fez o city tour gratuito do pacote, pegue o Buenos Aires Bus que é uma experiência única!

Caminito no bairro La Boca

Lugares Imperdíveis: Porto Madeio, caminhar pelas ruas da Recoleta e visitar o Cemitério da Recoleta (onde está Evita), Casa Rosada, Feira de San Telmo, Plaza de Mayo, Jardim Japonês, Jardins de Palermo, Calle Florida, La Bombonera, La Boca, shows de tango…dá pra aproveitar as 18 paradas do city tour e passear a pé pelas redondezas.

Se você tiver mais dias disponíveis em Buenos Aires, procure conhecer as cidades vizinhas a Capital Federal como Luján e seu zoológico ou passear pelo Rio da Prata e ir até Tigre (dá pra ir de trem também). Aos domingos tem uma feira de artesanato enoooooooorme em Tigre. Imperdível também!

Onde comprar?

a) Para comprar souvenirs: cuidado porque normalmente os city tours deixam os turistas nas lojas mais caras. Antes de adquirir camisetas, imãs de geladeira ou seja lá o que for, dê uma procurada nas ruas em volta que você vai se surpreender com a diferença de preço. Eu normalmente compro souvenirs nas lojinhas escondidas do Caminito.

b) Para comprar alfajor: eu compro alfajores no mercado. Isso mesmo, no mercado!
Existem diversas marcas (como Jorgito) que custam metade do preço de um alfajor tradicional da Havanna e são igualmente deliciosas, experimente e comprove!
Mas se ainda assim quiser comprar as delícias da Havanna (como os Havannets que não tem aqui no Brasil), existem lojas da Havanna espalhada pela cidade inteira, inclusive no Caminito, Calle Florida e também é possível adquirir produtos Havanna no Duty Free da volta.

c) Para comprar roupas: para uma tarde de compras, recomendo as lojas da Galerias Pacífico e a imensa loja de departamentos Falabella, ambas na Calle Florida e as demais pequenas lojinhas da rua.
Existem lojas dos mais variados tipos como especializadas em couro, acessórios, roupas femininas, masculinas, lojas de departamento…um prato cheio para compras!
E o mais legal: em Buenos Aires existem diversas franquias da loja Ver que tem roupas lindíssimas até o tamanho 52 – o que é muitíssimo difícil de encontrar na Argentina tendo em vista que nossas hermanas são extremamente esguias. Essa dica de ouro foi minha amiga Van Raya do Sapatinho de Cristal que deu, e realmente é imperdível: fui lá e comprei bastante!

Outra opção para boas compras é o Unicenter (um shopping center gigante com centenas de lojas maravilhosas) e os Outlets que ficam um pouco afastados da Capital Federal como o da Lacoste/Cacharrel/Levis/Legacy (um do ladinho do outro) e o do Carrefour Solei.
Para ir nestes Outlets prefira ir em grupos ou com taxistas de confiança/indicados pelo hotel.
Tenho um amigo que resolveu ir sozinho e infelizmente foi assaltado pelo taxista saindo do Outlet da Lacoste…não vale o risco!

Para roupas/artigos de times argentinos, recomendo as lojinhas em frente ao Estádio do Boca, La Bombonera.

Mamãe e suas comprinhas na Galerias Pacífico – 2011

d) Para comprar maquiagens: marcas como MAC, Clinique e L´Oreal são bem mais baratas que no Brasil, mas ainda compensa comprar perfumes e estes tipos de maquiagens no Duty Free que em Buenos Aires.

Agora, para marcas como Nívea, Maybeline e Revlon eu recomendo comprar nas farmácias locais Farmacity! Além do precinho ser super amigo, eles tem uma infinidade de itens próprios como as toallas demaquilantes perfeitas que já falei nesse post aqui.
Já chegou a hora de ir embora e esqueceu de passar na Farmacity para ver as makes?
Não se desespere! Tem uma loja no Aeroporto Internacional de Ezeiza próximo a área de check-in da GOL.

Importante: na Argentina eles trabalham com o sistema de Tax Free, se na loja onde você efetuar a sua compra tiver um adesivo de Tax Free e o produto for fabricado na Argentina, eles te dão um recibo de Tax Free junto com a notinha fiscal para que você possa reaver o dinheiro dos impostos no aeroporto. Em algumas compras gira em torno de 10% do valor total, por isso antes de comprar sempre pergunte se a loja tem Tax Free.
E para não passar raiva no aeroporto: primeiro você deve ir validar as notinhas no piso térreo antes de ir no guichê do Tax Free no segundo andar. Se você for direto com as notinhas vai ouvir um monte dos hermanos não tão educados…

Mais dúvidas?

Eu tentei fazer um resumão de tudo o que visitei e vivi em Buenos Aires nas 3 vezes que estive lá entre 2009 e 2011…mas com certeza não deu pra escrever sobre tudo!
Então se você vai viajar pra Buenos Aires e ainda tiver alguma dúvida, manda aí nos comentários que se eu souber, respondo 🙂

Ah, e eu comprei minha última viagem com a fofa da Dani da Yataro Turismo e super recomendo!
Se você ainda está fazendo orçamento pra viajar, manda e-mail pra ela (daniela@yataroturismo.com.br) que eu tenho certeza de que ela tem um pacote na medida pra você 🙂

Espero que tenham gostado do post….em breve mais dicas de mais lugares pelo mundo!

9 thoughts on “[Pelo Mundo] Dicas de Viagem para Buenos Aires – Argentina

  1. Oi Nana 🙂

    Que bom que você gostou!
    Vou tentar aproveitar as minhas experiências de viagem pelo Brasil e pelo mundo pra ajudar quem vai viajar!

    Que tal me ajudar a fazer o post sobre dicas de Ribeirão Preto?

    Beijo!

  2. Ain!!! Eu achei demais!

    Sabe que me deu uma vontade louca de pegar as roupas e partir agora mesmo! Acho que é um passeio inesquecível!!! Adorando essa nova abordagem, que venham mais diquinhas!!! Beijocas!

  3. Bruneca: é inesquecível mesmo!
    A atmosfera do lugar, a cultura, as parrilas (churrasco), os alfajores…hehehehe
    Semana que vem tem mais dicas de viagem, não perca 🙂

    Eliana: sou engenheira! hehehehe
    Que bom que gostou, espero que ajude 🙂
    Semana que vem tem mais!

  4. Oi, boa noite.
    Eu vim responder sua perguntinha no meu post, sou Héstia. Faço o blog junto com a Natalie.
    Então, eu acho que os lançamentos( Mel e Própolis e Flores de Laranjeira) fazem o estilo protex sim porque prometem elimina 99% das bactérias*

    Em todo caso, acho interessante vc tirar a dúvida com eles
    sac@memphisbr.com.

    😉

    Agora sobre seu post, que perfeito menina. Parabéns pelo capricho.

  5. Ola Raissa tudo bem eu fui em Buenos Aires em outubro dia 14, fui com minha filha adoramos..tb tiramos fotos na fonte da galeria Pacifico que um teto pintado lindo ne..o pessoal estava comentando que o preço das lojas estavam autos, pois no Domingo dia 16 era dias das maes la na Argentina…mas valeu o passeio…
    @falayu
    Fatima Rivera

  6. Héstia: obrigada flor! Seja sempre bem vinda 🙂

    Kalli: depois me conta se as dicas ajudaram a sua chefe? Tomara que sim!

    Fátima: Buenos Aires é super bacana, né?
    Eu dei mais sorte, em todas as vezes que fui, estava tudo bem baratinho 🙂

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *